BRASILVITA
Atenção: Esta loja está em Implantação. Nenhum pedido deverá ser considerado. Itens expostos são apenas testes. Aguarde e volte em breve!
Pular Navegação (s)
29/03/2019

SUPLEMENTO BARATO

SUPLEMENTOS BARRATO: VALE A PENA COMPRAR?

Muitas vezes a tentação de dar aquela forcinha no treino com um suplemento que tem um precinho super em conta é grande, mas será que vale a pena? Será que a diferença no preço também significa diferença na qualidade do que vem dentro do pote?

A gente foi atrás dessas respostas e esclarece essas e outras dúvidas neste artigo. Você vai saber se usar suplemento barato pode representar algum perigo para a sua saúde, por que a diferença de preço às vezes é tão grande e como fazer para distinguir uma oferta de uma furada.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e aprenda a fazer uma suplementação adequadamente!

Entenda se o suplemento barato é de menor qualidade

Você já deve ter se deparado com uma prateleira em uma loja especializada cujos produtos para o mesmo fim variam de preço em até 80%. Logo, diante de tantas opções, acabou ficando em dúvida entre o mais barato e o mais caro e optou pelo de preço intermediário achando que fez a melhor opção. Pois saiba que o método correto de escolha do seu suplemento passa, antes de tudo, pela informação e pela leitura atenta do rótulo do produto.

Não necessariamente o suplemento mais barato faz mal, mas talvez não entregue tudo o que você precisa. Por exemplo, caso você esteja interessado em fazer suplementação com proteína em pó, pode fazer isso com um produto mais puro — que só tenha a proteína do leite —, ou com um que faça uma mistura de proteínas (do colágeno e do trigo, que são mais baratos para a indústria) e carboidratos.

Você vai adquirir um produto à base de proteínas? Sim! Mas esse produto vai oferecer tudo o que você precisa? Não necessariamente. A solução? Informar-se e ler o rótulo para não acreditar que é tudo igual e só varia o preço!

Conheça três perigos do suplemento barato

Agora que você já entendeu que pode acontecer uma substituição de elementos no produto de menor preço, deve estar tranquilo e pensando que pode consumi-lo de vez em quando que não vai fazer mal à sua saúde. Não é bem assim!

Mais uma vez, a certeza de comprar um produto adequado passa pela informação e pela leitura atenta do rótulo, já que muitas vezes o “substituto” pode lesar o seu organismo, não contribuir para nada ou não ser adequado para o que você precisa.

Veja abaixo algumas situações em que o barato pode sair caro.

Quando o substituto faz mal

Em alguns casos, você só quer comprar um ômega 3 baratinho, mas se você for uma gestante e comprar um produto que não tenha controle para metais pesados, pode fazer mal para o seu bebê, já que é uma substância tóxica.

Quando ele não é exatamente o que parece

Outra confusão que pode acontecer na hora das compras, é quando você está atrás de vitamina B12 e encontra no mercado fórmulas de menor absorção e com dosagem maior em vez de maior absorção e menor dosagem, o que leva a uma falsa sensação de economia, já que maior dosagem acarreta maior quantidade do produto (e maior gasto) a longo prazo.

​Quando você não precisa dele

Por exemplo, você vai comprar um suplemento à base de proteínas, mas está fazendo uma dieta que restringe carboidratos. No entanto, aquele produto super em conta substitui exatamente parte das proteínas por carboidratos. Logo, você comprará algo que não precisa e que sabota o seu planejamento alimentar.

Saiba escolher um suplemento de qualidade

Já aprendemos a identificar algumas pegadinhas no rótulo, produtos que se dizem A, mas são B, entre outras opções. Mas que tal aprender agora como escolher um suplemento de boa qualidade?

A primeira coisa a ser feita é entender quais são as suas necessidades suplementares e de onde elas têm de vir. A sua carência é proteica ou energética? Você precisa de ergogênese de creatina ou de cafeína? Saiba exatamente o que você precisa e qual será a função desse elemento no seu organismo.

Agora que você já tem a sua “lista de compras”, siga para a loja de suplementos com os seguintes elementos de escolha na cabeça:

  • marcas que sejam certificadas por outras instituições e que tenham selos de qualidade;
  • produtos que utilizem o que há de mais moderno em termos de matéria-prima — é muito melhor usar um ômega 3 que seja feito com uma cápsula gastro resistente, do que um que seja mais barato e abra no seu estômago, fazendo com que você arrote peixe o dia inteiro;
  • nutrientes de baixa qualidade são menos absorvidos pelo organismo. Ou seja, você vai achar que está suplementando, mas, na verdade, só estará absorvendo parte dos nutrientes de que precisa;
  • valorize produtos que deem transparência nos rótulos — aqueles que explicam bem os seus ingredientes ativos e inativos e dosagens de cada elemento — e desconfie de misturas ou combinações pouco comuns;

leia, leia muito! Informe-se, procure saber das novidades do mercado, das empresas que são sérias, de outras que, apesar de muita propaganda, não investem no desenvolvimento dos seus produtos ou na clareza das informações no rótulo. Aprenda a escapar das armadilhas.

Entenda importância do suplemento de boa qualidade

Além de não colocar em risco a sua saúde, o suplemento de boa qualidade é aquele que contribui para o seu objetivo físico — seja ele de ganho de massa, seja de perda de peso — e traz benefícios ao seu organismo.

Investir em um produto só porque ele é mais barato pode trazer riscos, enganá-lo — uma vez que a quantidade de nutrientes consumida pode estar errada —, e fazê-lo perder dinheiro, já que suplementar pela metade não vai fazê-lo chegar ao seu objetivo final, pois você terá a sensação de andar em círculos e não chegar a lugar nenhum.

Além de investir em produtos baratos para economizar, muitas pessoas consomem produtos com o prazo e validade vencido só para não perder aquele restinho que ficou no pote. Jamais faça isso! É importante respeitar o prazo e ter a certeza de estar consumindo conservantes saudáveis e naturais, que têm determinado prazo para ser usado. Não abuse!

Aprenda a comprar e economize

Como vimos, o suplemento barato não é ruim, mas existem um conjunto de fatores que costumam estar presentes em marcas mais em conta e que devem ser descartados em nome da sua saúde.

Se quiser economizar nas suas compras, opte por lojas que oferecem combos e promoções com os seus suplementos favoritos, ou ainda tenha algum programa de fidelidade. Aprenda a negociar com o vendedor, mas nunca com a sua saúde.

Não deixe de se informar e aprenda a comparar o que sabe com o que lê no rótulo do seu suplemento. Isso diminui drasticamente a chance de você cair em uma armadilha ou arriscar a sua saúde. Outra dica importante é recorrer sempre a produtos reconhecidos pelo mercado e que tenham selos de qualidade fornecidos por outras instituições.

(87) 9 9800-0066